Michele Contel

TEXTOS SOBRE A VIDA E SOBRE AMORES ACOMPANHADOS DE CAFÉ

Social Media Icons

slide code

Photo

Michele
Michele, 26 anos, mantenho esse blog desde os 19 e eu basicamente escrevo e tomo café. / depois de tanto falar de amor por aqui, eu escrevi um livo. olha só!

MEU LIVRO

social media icons 2

Search

categoria 1

amor

categoria 2

lista

categoria 3

pessoal

post fresquinho na sua caixa de entrada

It girl: Charlotte Gainsbourg


Hoje inauguro uma nova seção aqui no blog. Pelo nome, pode parecer mais do mesmo, mas vou explicar o porquê de ser diferente das tradicionais seções homônimas em outros blogs. Aqui, para falar do estilo de famosas e etc, temos a Wannabe, que eu sei que está abandonada, mas existe. A It Girl vai além disso: para mim, it girl vai além de apenas se vestir bem, tem que ter atitude, ter algo a mais do que um guarda-roupas invejável. Tem que ser uma mina foda, com todo o respeito e perdão pelo palavrão. Mas é. E então, como não começar essa seção com a maravilhosa da Charlotte Gainsbourg



A primeira vez que ouvi/li sobre Charlotte foi em uma reportagem da revista Gloss. Me chamou a atenção pelo sobrenome, já que gosto muito do Serge Gainsbourg (seu pai) e sou apaixonada e recalcada pela Jane Birkin. Quando li, a curiosidade foi plantada, afinal, a matéria falava sobre sua carreira e sua superação sobre um tumor e em como até mesmo a doença serviu de inspiração para seu trabalho. Desde criança ela desenvolve sua forte veia artística - já estrelou clipes com o pai (inclusive, um que foi bem polêmico por insinuar um incesto hehe. Você pode ver esse clipe aqui. Serge polêmico? Que isso, né?) e hoje é atriz e cantora. E é extremamente competente em todos os seus trabalhos.


Seus papéis geralmente são bem densos e ela é queridinha do controverso diretor Lars Von Trier. Se você assistiu Anticristo e Melancolia, já reconheceu a moça. Além do seu talento inquestionável, Charlotte tem sua veia fashionista e hoje é um dos rostos da Louis Vuitton.


Sua beleza é mais exótica (por sua mãe ter sido referência de beleza de sua época, e tão famosa a ponto de dar nome ao modelo de bolsa mais famoso do mundo - Birkin Bag, bitches! -, ela é constantemente comentada por "não ter a beleza da mãe") mas eu realmente acho ela incrivelmente linda. E tenho certeza que se você chegou até aqui nesse post, está concordando comigo.



E se você também se apaixonou por ela, recomendo ouvir seus álbuns. Fazem jus a tudo o que eu falei.


Acompanhe o MOBIC (e a Mih) nas redes-sociais!
Twitter  ♥ Facebook ♥ Instagram ♥ Youtube

Comentários

os mais lidos da semana

Meu primeiro carro: 5 dicas para você finalmente conquistar o seu!
A cultura pop sempre deixou bem clara a importância destinada aos carros em todas as suas produções…
Sobre amores meio bosta
Na semana passada, eu fiz aquela corrente no Instagram em que você se propõe a dar conselhos sobre…
Carta para você (não) ler
Por um tempo, eu perguntava o porquê. Por que as coisas aconteciam daquele jeito? Por que você muda…