Michele Contel

TEXTOS SOBRE A VIDA E SOBRE AMORES ACOMPANHADOS DE CAFÉ

Social Media Icons

slide code

Photo

Michele
Michele, 26 anos, mantenho esse blog desde os 19 e eu basicamente escrevo e tomo café. / depois de tanto falar de amor por aqui, eu escrevi um livo. olha só!

MEU LIVRO

social media icons 2

Search

categoria 1

amor

categoria 2

lista

categoria 3

pessoal

post fresquinho na sua caixa de entrada

Ele (só) não está afim de você

Estávamos em três. Três mulheres bonitas, inteligentes, engraçadas, agradáveis e completamente diferentes, porém, com uma característica em comum: uma autoestima balançada porque o boy não tinha respondido uma mensagem. Nos sentamos no chão, em círculo, com uma garrafa de catuaba em uma das mãos, um cigarro de blueberry na outra e várias conversas ao fundo. Após um gole profundo na bebida, começamos, as três, a enumerar as qualidades da amiga ao lado e os motivos que podiam ter feito com que o carinha não tivesse mandado mensagem. Teria sido deprimente se o álcool e o cheiro de blueberry na fumaça que nos envolvia não estivessem fazendo seus deveres.


Começamos o estudo de caso. Nesse momento, a gente realmente enumera possibilidades, faz um verdadeiro estudo sobre a vida do cara e, pronto, desvendamos o motivo que fez com que ele tivesse receio de mandar ou retornar uma mensagem. "Você é muito bonita pra ele", "Você é muito livre e ele é muito fechado", "Amiga, ele tem medo de se envolver", "Você é muito independente". Teorias embasadas única e exclusivamente pela nossa ótica sobre uma terceira pessoa que, no momento em que está sendo estudada, muito provavelmente está com outra. Ou maratonando uma série na Netflix, porque a gente não precisa ser necessariamente trocada para não ser desejada. 

Eu sei, é difícil parar, respirar e entender que o que tá rolando não tem a ver com medo, e que não é que somos incríveis demais e nem nada do tipo, que não fomos respondidas ou procuradas. A resposta para todo esse dilema é tão simples que, por sua facilidade, passa despercebida. O cara não mandou nada porque o cara (só) não quer. Oras. 

Eu sei que dói se sentir rejeitado. Fere nossa autoestima assumir que o interesse não foi mútuo, né? O problema é que a gente faz disso, de fato, um problema e deixamos que isso interfira em nossa autoestima, confiança e amor-próprio. Uma outra pessoa não se sentiu atraída por você, ok, mas o que você tem que entender é que isso só diz respeito a ela. O problema não é você, seu cabelo colorido ou sua independência. O problema não é você, assim como também não é a pessoa. 

Vamos ser sinceras: quantas vezes não foi você a pessoa que não respondeu uma mensagem imediatamente, não sentiu uma preguicinha quando alguém ficou completamente interessado por você e quantas vezes você não inventou um compromisso inadiável só para não ter que repetir um encontro? Então. É meio egoísta a gente pensar que todo mundo que a gente curtir, tem que nos curtir na mesma intensidade. A gente esquece que uma série de fatores entram em jogo quando o assunto é romance: entra química, entra timing, sintonia e identificação. Quando essas coisas rolam, imediatamente nos esquecemos que não precisamos da aprovação de ninguém pra continuarmos sendo lindas, inteligentes, interessantes, divertidas e todos os outros adjetivos maravilhosos que nós merecemos.

A gente esquece de tuuuudo isso, mas estou aqui justamente pra te lembrar, tá?

Quando você começar a surtar porque o potencial amor da sua vida não estiver te demonstrando o interesse que você merece, poupe sua energia e lembre-se de que você não tem que mudar nada em você e que o motivo pelo qual isso tá rolando não é algo que tenha feito. É só isso aqui, ó: 



E vida que segue.

Comentários

os mais lidos da semana

Meu primeiro carro: 5 dicas para você finalmente conquistar o seu!
A cultura pop sempre deixou bem clara a importância destinada aos carros em todas as suas produções…
Quando foi que controle virou prova de amor?
Uma vez, enquanto estava divulgando meu livro, eu participei de um programa na CBN que chamava &quo…
Wishlist de maio - o mês mais lindo do ano!
O mês mais lindo do ano todo chegooooooou! Para quem não sabe, dia 24/05 é o #michelesday e, apesa…