Michele Contel

TEXTOS SOBRE A VIDA E SOBRE AMORES ACOMPANHADOS DE CAFÉ

Social Media Icons

slide code

Photo

Michele
Michele, 26 anos, mantenho esse blog desde os 19 e eu basicamente escrevo e tomo café. / depois de tanto falar de amor por aqui, eu escrevi um livo. olha só!

MEU LIVRO

social media icons 2

Search

categoria 1

amor

categoria 2

lista

categoria 3

pessoal

post fresquinho na sua caixa de entrada

Um capuccino, um café e dois chás gelados, por favor

Hoje eu fui na cafeteria que serviu de cenário para o nosso primeiro encontro. Dividíamos a mesa de centro, enquanto nos posicionávamos nas enormes poltronas de couro marrom claro. Estavam distantes e, por isso, nos sentamos nas beiradas. Você e eu.

Eu pedi chá de marcujá, camomila, hortelã e mel. Chapado, era o nome.
Você foi de hibisco, maçã, cravo e canela.
Chamego.

Ficamos das 16h às 21h conversando sobre a vida. Nesse tempo, pedimos café, capuccino, ciabatta de abobrinha pra você e misto quente pra mim. Aliás, foi nesse dia que você descobriu que eu odeio abobrinha, lembra?

Você me disse que um capuccino pequeno já era o suficiente para você se manter acordado. Eu disse que um espresso mal me fazia abrir os olhos. Sorrimos com a diferença de nossas tolerâncias à cafeína. Sorrimos com nossas bocas e com nossos olhos.

Nos sorrimos. 


Lembro da roupa que usávamos. Eu vestia uma blusa rosa com folhas de coqueiro e calça jeans surrada. "É só mais um primeiro encontro", pensei erroneamente. Você, uma calça moletom marsalla e uma blusa azul da adidas. Não esperava gostar tanto de uma paleta de cores tão curiosa. Me apaixonei pelos tons frios. 

Não me lembro da música que tocava, entretanto.
Talvez porque toda a minha atenção estava na sua voz e nos seus olhos. Em nossa curta história, me lembro de ter dito o quanto achava-os lindos. Várias vezes. 

Chovia um pouco - como hoje. O suficiente para levantar alguns fios do meu cabelo bagunçado e me fazer querer correr até o seu carro, depois que deixamos a cafeteria do centro. Após minha curta corrida, antes de entrar no veículo, o primeiro beijo. Com mais ternura que desejo. Mais carinho que paixão.

Com um abraço que protegia.
Da chuva e do mundo. 

. .

Hoje, no mesmo lugar e com o mesmo clima, inevitavelmente me lembrei de você.
De nós.
E de nosso primeiro encontro.

Com gosto e aroma de hibisco, maçã, cravo e canela.

Chamego.

dei início a uma série de posts que serão retirados
dos meus cadernos pessoais. são mais simples e talvez
mais romantiquinhos que os habituais. espero que gostem. 

// a real foto do real café do real dia é essa aqui

Comentários

  1. Oi Michele, faz um update sobre suas crises de enxaqueca e sobre anticoncepcional. Estás melhor? Fez algum tratamento? Se adaptou a algum anticoncepcional? Beijos. PAZ!

    ResponderExcluir
  2. Que pessoal e romantico!
    Bj e fk c Deus.
    Nana - procurandoamigosvirtuais.blogspot.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

os mais lidos da semana

Meu primeiro carro: 5 dicas para você finalmente conquistar o seu!
A cultura pop sempre deixou bem clara a importância destinada aos carros em todas as suas produções…
Sobre amores meio bosta
Na semana passada, eu fiz aquela corrente no Instagram em que você se propõe a dar conselhos sobre…
Carta para você (não) ler
Por um tempo, eu perguntava o porquê. Por que as coisas aconteciam daquele jeito? Por que você muda…