Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2016

Anotaí: Sombras com cores intensas e alta pigmentação prometem fazer sucesso no verão

Imagem
Não, você não entrou no blog errado. Depois de um tempinho abordando só assuntos do cuóração , hoje a pauta é pra te deixar mais gata e toda trabalhada nas tendências de maquiagem. Acho que já comentei aqui no blog, algumas vezes, eu eu sou a pior do mundo quando o assunto é make, afinal, eu sou uma fiel adepta do delineador + batom para a vida e, até então, tudo bem. Por isso, quando recebi esse tutorial da Natura Aquarela , com um passo a passo de como usar as sobras de alta pigmentação, achei bafo e, então, quis postar aqui sim. Diquinhas boas a gente compartilha, né? Para o verão, a Natura lançou seis tons ultra-metalizados de sombras Tint de Natura Aquarela , à prova d´água e de longa duração. Ou seja, perfeita para quem mora naquelas cidades bem quentes - alô, Araçatuba! - e que querem que a make dure independente do sol forte. Segundo a galera da Natura, que me mandou esse material, as cores de sombras metalizadas prometem dominar as tendências da moda e da beleza e es

if you love me let me know

Imagem
Não faz joguinho, não. Me fala que pensou em mim e que quis me mandar mensagem quando viu que o Spotify colocou Só Pra Contrariar nas suas Descobertas da Semana. Me fala o que você almoçou e o que escolheu de sobremesa. Me manda um textão me falando o que achou da season finale daquela série que foi o nosso primeiro assunto e pode me falar que você descobriu uma cafeteria incrível no centro e que está louco para ir lá comigo. Me manda áudio de cinco minutos e diz que entenderá se eu não quiser ouvir inteiro. Me fala do seu gato, do seu vaso de suculenta e da compra que você fez no Pão de Açúcar, no fim da tarde. Me conta que sua mãe adotou um coelho e pode dizer que seu irmão é um imbecil. Me fala mais do casamento da sua prima mais nova e me chama para ir escolher uma camiseta para aquele seminário que está tirando o seu sono. Me fala que lembrou de mim quando viu o trailer de um filme independente francês e que achou uma camiseta que é a minha cara, só porque tinha uma frase i

Você dorme com vontade ou acorda arrependida?

Imagem
Eu não posso me denominar impulsiva. Penso um milhão de vezes antes de fazer qualquer coisa. De comprar um pão na padaria da rua de cima até adicionar o cara bonito amigo do meu amigo. Penso no que pode desencadear de bom, nas consequências ruins e, principalmente, no quanto posso me frustrar com aquilo. Arrependimento, de uma forma simples e crua, nunca foi meu medo, afinal, ele só viria caso as coisas desse errado e, bem, as chances de darem certo eram exatamente as mesmas. Fazer o que quer fazer, na verdade, nada tem a ver com impulsividade. Na maioria das vezes, o que é taxado de ato impulsivo foram escolhas difíceis e que foram analisadas mais vezes do que eu gostaria de aceitar.  Quando você faz algo que estava com receio de fazer - seja lá o motivo - é muito mais tranquilizante dizer para si mesmo que mandou aquela mensagem para o cara de quem gosta em um ato impulsivo do que assumir que você fez aquilo porque realmente queria fazer. Se der errado, "foi impulso".

Não é só com você

Imagem
Não é só você que está com os ombros pesados e com a sensação de que está nadando contra a maré e quase desistindo de tudo. Não é só você que está chorando porque o amor da sua vida te deixou. Não é só você que está com essa dor na alma e jurando que não vai passar. Não é só você que está com os cabelos em pé pensando nas contas que estão vencendo. Não é só você que está xingando alto porque o jantar queimou enquanto você respondia a melhor amiga no WhatsApp. Não é só você que está se perguntando o que está fazendo com seus dias. Não é só você que está com a sensação de que a vida de todo mundo está melhor que a sua.  Não é só você que levou um esporro do chefe. Não é só você que tomou chuva no meio do caminho e chegou ensopada em casa. Não é só você que está tendo um dia terrível. Não é só você que está chorando mais do que acha humanamente possível. Não é só você que está com a sensação de que está perdida. Não é só você que não consegue dormir quando coloca a cabeça no trav

Soul sister

Imagem
Nunca fomos as melhores amigas na infância, não. Eu sempre fui melosa demais para sua praticidade toda. Sempre fui de querer abraçar e você odiava contato. Sempre quis mandar nas brincadeiras, mas você mandava mais que eu. Nunca fazia nada se não quisesse, sempre falou o que pensava e sempre teve a personalidade forte. Gêmeos com Capricórnio , não tem como combinar, né? Na pré-adolescência, você foi ainda pior. Nunca nos vimos como verdadeiras amigas; éramos apenas duas estranhas que dividiam a mãe, o quarto e as preferências por cores de esmaltes. Brigávamos por tudo. Pela louça que deveria ser lavada, pelo horário no computador, pela altura do volume da TV, pelo filme escolhido e até pelas bandas favoritas. A gente dedurava a outra para a mãe, mas, esporadicamente, aprendemos a guardar alguns segredos . Virávamos cúmplices, quando a situação exigia. Os anos passaram e demorou para que virássemos, enfim, amigas e, ainda assim, você nunca foi lá muito aberta. Tentei, por vár

7 metas para outubro

Imagem
Estou numa vibe meio introspectiva e isso meio que casou com um insight que tive por esses dias. Eu finalmente - finalmente - entendi que preciso cuidar de mim antes de querer fazer qualquer outra coisa (pessoal ou profissionalmente) e, se tem uma coisa que eu não estou fazendo bem, é cuidar bem desse corpinho comprido. Minhas metas para outubro são bem simples, aparentemente, mas as faço desde o começo do ano e eu sempre coloco um milhão de obstáculos na hora de cumpri-las. Vocês me ajudam? ♥  - Fazer todos os exames que o médico pediu. Todos, sem exceção ou desculpas. Aproveitar e marcar os outros dois médicos que eu preciso marcar logo na primeira quinzena.  - Começar a correr. Sem desculpas de "está frio" ou de "não tenho o tênis ideal". Só tenho que amarrar o cadarço e ir - e eu tenho uma pracinha do lado de casa!  - Começar a comer salada. É sério. E a fazer coisas diferentes na cozinha.  - Terminar o livro que estou lendo e começar um nov

Queda livre

Imagem
Humanos. Não basta se acharam os verdadeiros donos do universo, acreditam piamente que têm algum poder sobre os próprios sentimentos. Iludidos, criam teorias de que com a quantidade de tombos, mais discernimento ganham e, com ele, mais autoridade sobre seus próprios corações. Coitados deles, coitados de nós. Me dá pena quando escuto alguém dizendo que "não se envolve porque não vale a pena" ou que "não se apaixona". A prepotência do ser humano é tanta que ele - eu, você, nós - acredita que tem algum tipo de controle sobre isso. Como se nós, meros mortais que procuram em mapas astrais formas de compreender o outro, tivéssemos algum poder sobre algo que é tão maior que nós mesmos.  Mas por que eu comecei o texto com essa pequena crítica a você, ser humaninho? Porque eu cai em minha própria emboscada e, como tenho o lema de que todo golpe vira texto, cá estou compartilhando (mais) um caso da minha vida. Não vou dizer que esse compartilhamento é para que você não c

Outubro(s)

Imagem
Outubro chegou. Longe de mim desejar que ele seja " outubro ou nada ", ou que ele " traga novos ventos ". Na verdade, eu fujo de qualquer frase bonitinha e compartilhável que acompanha a chegada de cada novo mês, mas, sendo bem sincera, com outubro eu me permito ser otimista e pensar que "alguma coisa vai acontecer". Isso porque o décimo mês é bem especial para mim - arrisco dizer que é até mais significativo que Maio, que é oficialmente o meu "mês mais importante" (importante e significativo são coisas diferentes, né?).  Não precisei de muito tempo para recapitular alguns fatos que permearam os meus anos até 2016. Com exceção de 2012, todos os meus "outubros" tiveram fatos importantes que, vejam só, me trouxeram até aqui. É sério. Sente-se ao meu lado no meu DeLorean e veja, rapidinho, um pouquinho dos meus "meses 10" de 2011 até hoje.  Foto do dia 02/10/2015 - quando a Paulista era turismo, e não visão diária

Anotaí: Sombras com cores intensas e alta pigmentação prometem fazer sucesso no verão

Imagem
Não, você não entrou no blog errado. Depois de um tempinho abordando só assuntos do cuóração , hoje a pauta é pra te deixar mais gata e toda trabalhada nas tendências de maquiagem. Acho que já comentei aqui no blog, algumas vezes, eu eu sou a pior do mundo quando o assunto é make, afinal, eu sou uma fiel adepta do delineador + batom para a vida e, até então, tudo bem. Por isso, quando recebi esse tutorial da Natura Aquarela , com um passo a passo de como usar as sobras de alta pigmentação, achei bafo e, então, quis postar aqui sim. Diquinhas boas a gente compartilha, né? Para o verão, a Natura lançou seis tons ultra-metalizados de sombras Tint de Natura Aquarela , à prova d´água e de longa duração. Ou seja, perfeita para quem mora naquelas cidades bem quentes - alô, Araçatuba! - e que querem que a make dure independente do sol forte. Segundo a galera da Natura, que me mandou esse material, as cores de sombras metalizadas prometem dominar as tendências da moda e da beleza e es

if you love me let me know

Imagem
Não faz joguinho, não. Me fala que pensou em mim e que quis me mandar mensagem quando viu que o Spotify colocou Só Pra Contrariar nas suas Descobertas da Semana. Me fala o que você almoçou e o que escolheu de sobremesa. Me manda um textão me falando o que achou da season finale daquela série que foi o nosso primeiro assunto e pode me falar que você descobriu uma cafeteria incrível no centro e que está louco para ir lá comigo. Me manda áudio de cinco minutos e diz que entenderá se eu não quiser ouvir inteiro. Me fala do seu gato, do seu vaso de suculenta e da compra que você fez no Pão de Açúcar, no fim da tarde. Me conta que sua mãe adotou um coelho e pode dizer que seu irmão é um imbecil. Me fala mais do casamento da sua prima mais nova e me chama para ir escolher uma camiseta para aquele seminário que está tirando o seu sono. Me fala que lembrou de mim quando viu o trailer de um filme independente francês e que achou uma camiseta que é a minha cara, só porque tinha uma frase i

Você dorme com vontade ou acorda arrependida?

Imagem
Eu não posso me denominar impulsiva. Penso um milhão de vezes antes de fazer qualquer coisa. De comprar um pão na padaria da rua de cima até adicionar o cara bonito amigo do meu amigo. Penso no que pode desencadear de bom, nas consequências ruins e, principalmente, no quanto posso me frustrar com aquilo. Arrependimento, de uma forma simples e crua, nunca foi meu medo, afinal, ele só viria caso as coisas desse errado e, bem, as chances de darem certo eram exatamente as mesmas. Fazer o que quer fazer, na verdade, nada tem a ver com impulsividade. Na maioria das vezes, o que é taxado de ato impulsivo foram escolhas difíceis e que foram analisadas mais vezes do que eu gostaria de aceitar.  Quando você faz algo que estava com receio de fazer - seja lá o motivo - é muito mais tranquilizante dizer para si mesmo que mandou aquela mensagem para o cara de quem gosta em um ato impulsivo do que assumir que você fez aquilo porque realmente queria fazer. Se der errado, "foi impulso".

Não é só com você

Imagem
Não é só você que está com os ombros pesados e com a sensação de que está nadando contra a maré e quase desistindo de tudo. Não é só você que está chorando porque o amor da sua vida te deixou. Não é só você que está com essa dor na alma e jurando que não vai passar. Não é só você que está com os cabelos em pé pensando nas contas que estão vencendo. Não é só você que está xingando alto porque o jantar queimou enquanto você respondia a melhor amiga no WhatsApp. Não é só você que está se perguntando o que está fazendo com seus dias. Não é só você que está com a sensação de que a vida de todo mundo está melhor que a sua.  Não é só você que levou um esporro do chefe. Não é só você que tomou chuva no meio do caminho e chegou ensopada em casa. Não é só você que está tendo um dia terrível. Não é só você que está chorando mais do que acha humanamente possível. Não é só você que está com a sensação de que está perdida. Não é só você que não consegue dormir quando coloca a cabeça no trav

Soul sister

Imagem
Nunca fomos as melhores amigas na infância, não. Eu sempre fui melosa demais para sua praticidade toda. Sempre fui de querer abraçar e você odiava contato. Sempre quis mandar nas brincadeiras, mas você mandava mais que eu. Nunca fazia nada se não quisesse, sempre falou o que pensava e sempre teve a personalidade forte. Gêmeos com Capricórnio , não tem como combinar, né? Na pré-adolescência, você foi ainda pior. Nunca nos vimos como verdadeiras amigas; éramos apenas duas estranhas que dividiam a mãe, o quarto e as preferências por cores de esmaltes. Brigávamos por tudo. Pela louça que deveria ser lavada, pelo horário no computador, pela altura do volume da TV, pelo filme escolhido e até pelas bandas favoritas. A gente dedurava a outra para a mãe, mas, esporadicamente, aprendemos a guardar alguns segredos . Virávamos cúmplices, quando a situação exigia. Os anos passaram e demorou para que virássemos, enfim, amigas e, ainda assim, você nunca foi lá muito aberta. Tentei, por vár

7 metas para outubro

Imagem
Estou numa vibe meio introspectiva e isso meio que casou com um insight que tive por esses dias. Eu finalmente - finalmente - entendi que preciso cuidar de mim antes de querer fazer qualquer outra coisa (pessoal ou profissionalmente) e, se tem uma coisa que eu não estou fazendo bem, é cuidar bem desse corpinho comprido. Minhas metas para outubro são bem simples, aparentemente, mas as faço desde o começo do ano e eu sempre coloco um milhão de obstáculos na hora de cumpri-las. Vocês me ajudam? ♥  - Fazer todos os exames que o médico pediu. Todos, sem exceção ou desculpas. Aproveitar e marcar os outros dois médicos que eu preciso marcar logo na primeira quinzena.  - Começar a correr. Sem desculpas de "está frio" ou de "não tenho o tênis ideal". Só tenho que amarrar o cadarço e ir - e eu tenho uma pracinha do lado de casa!  - Começar a comer salada. É sério. E a fazer coisas diferentes na cozinha.  - Terminar o livro que estou lendo e começar um nov

Queda livre

Imagem
Humanos. Não basta se acharam os verdadeiros donos do universo, acreditam piamente que têm algum poder sobre os próprios sentimentos. Iludidos, criam teorias de que com a quantidade de tombos, mais discernimento ganham e, com ele, mais autoridade sobre seus próprios corações. Coitados deles, coitados de nós. Me dá pena quando escuto alguém dizendo que "não se envolve porque não vale a pena" ou que "não se apaixona". A prepotência do ser humano é tanta que ele - eu, você, nós - acredita que tem algum tipo de controle sobre isso. Como se nós, meros mortais que procuram em mapas astrais formas de compreender o outro, tivéssemos algum poder sobre algo que é tão maior que nós mesmos.  Mas por que eu comecei o texto com essa pequena crítica a você, ser humaninho? Porque eu cai em minha própria emboscada e, como tenho o lema de que todo golpe vira texto, cá estou compartilhando (mais) um caso da minha vida. Não vou dizer que esse compartilhamento é para que você não c

Outubro(s)

Imagem
Outubro chegou. Longe de mim desejar que ele seja " outubro ou nada ", ou que ele " traga novos ventos ". Na verdade, eu fujo de qualquer frase bonitinha e compartilhável que acompanha a chegada de cada novo mês, mas, sendo bem sincera, com outubro eu me permito ser otimista e pensar que "alguma coisa vai acontecer". Isso porque o décimo mês é bem especial para mim - arrisco dizer que é até mais significativo que Maio, que é oficialmente o meu "mês mais importante" (importante e significativo são coisas diferentes, né?).  Não precisei de muito tempo para recapitular alguns fatos que permearam os meus anos até 2016. Com exceção de 2012, todos os meus "outubros" tiveram fatos importantes que, vejam só, me trouxeram até aqui. É sério. Sente-se ao meu lado no meu DeLorean e veja, rapidinho, um pouquinho dos meus "meses 10" de 2011 até hoje.  Foto do dia 02/10/2015 - quando a Paulista era turismo, e não visão diária