Postagens

Mostrando postagens de 2017

2017

Imagem
Pra mim, 2017 foi amor. E em suas mais diversas - e clichês - representações. Eu poderia falar só sobre os amores que apareceram em forma de amigos. Ou na minha família aumentando. Mas posso falar das paixões que me trouxeram frios na barriga que não eram sentidos há anos, das pequenas angústias que só um coração quebrado é capaz de promover e das lições aprendidas com todo esse ciclo. Teve tudo: do amor visualizado em pequenas coisas, ao que a gente constrói e reconstrói incontáveis vezes em um único ano. Por 2017, eu só quero agradecer. Por todas as lições, por todos os momentos de "eu não aguento mais" que me mostraram que aguento, sim. Pelas pessoas que entraram e saíram. Pelas que não saíram e voltaram. Pelos laços. Pelas pessoas. E, mais uma vez, pelo amor. Astrologicamente, dizem que 2018 será um ano para "colher o que plantamos" e, talvez por isso, eu tenha tanta certeza de que será incrível. Porque é aquele papo que eu não só sigo, como lev

Sobre se apaixonar

Imagem
eu amo o acelero que as novas paixões provocam no coração. mesmo que elas durem uma noite, e que terminem n'alvorada. acho que é combustível para o viver e, assim, sigo apaixonada. todos os dias. às vezes por uma pessoa diferente a cada semana; outras, pela mesma por mais de anos.  não tem tempo definido ou padrão. o negócio é que o coração nunca fica paradinho,  não. acho que sou agitada demais pra ter calmaria justamente no sentir.  (deve ser por causa do café)

#ficaadica: camisetas masculinas com pegada dark

Imagem
Fazia tempo que eu não aparecia com dica de roupinha, né? Conforme o blog foi ganhando essa pegada mais “diário pessoal”, mais afastada dos posts com dicas eu fui ficando, mas, como é um segmento que eu ainda adoro – e que faz tempo que eu não escrevo sobre. Há uns anos, eu fiz um guia de presente para Dia dos Namorados e, se você (assim como eu) comemora tanto o 14/02 quanto o 12/06, provavelmente já começou a pensar no que dar de presente para o mozi. Não namora? Calma! Tenho certeza que esse post também será útil caso você conheça uma galera aquariana e também esteja quebrando a cabeça para acertar no presente. De qualquer forma, esse post também será bastante útil pra você, pois: tem loja massa, masculina e com roupas tão incríveis que até você vai querer usar.   Eu conheci a Korsair recentemente e to apaixonada real/oficial. A Korsair é uma loja de camisetas masculinas estilosas que é ideal para você presentear seu amigo, seu namorado, seu pai (?) e até mesmo pa

sobre suas luzes

Imagem
Lembro perfeitamente de quando suas luzes invadiram meus olhos. Fortes e intensas, refletiram nas minhas retinas sem pedir nenhuma licença e todo aquele brilho fez com que eu precisasse apertar a visão para conseguir enxergar as coisas como realmente eram. Foi ali nosso primeiro contato.  E foi amor.  Ele aconteceu sob as luzes da Avenida Paulista e entre todas as coisas sentidas, não tenho dúvidas: foi amor. Foi amor quando senti vontade. Foi amor, mesmo com o deslumbre. Foi amor quando tive certeza e foi amor quando nem mesmo a dificuldade não me fez ter dúvidas. Há dois anos que sinto o mais sincero amor por você, por suas luzes e por sua intensidade.  Há dois anos que mesclo saudade ao pertencimento. Há dois anos que somos nós. Você, eu e o mundo todo em uma rua só. (sobre São Paulo)

Que saudade

Imagem
Me deu saudade de mandar mensagem sem pensar muito sobre ela. De abrir o aplicativo, digitar exatamente o que estou sentindo e apertar o enviar. Sem frio na barriga e sem contar os pontos finais após a palavra saudade.  Tô com saudade de falar "eu te amo".  Faz tanto tempo que nem sei mais como essas palavras soam pela minha boca.  Me deu saudade de fazer um comentário engraçadinho e receber um beijo desajeitado em seguida. Ou de fazer uma piada ruim e receber um empurrão no sofá como resposta. De contar sobre o meu dia sem sentir que estou incomodando. De me sentir ouvida e de saber que alguém se interessa pelo meu almoço horrível, mas que valeu pela sobremesa. Ilustração / Johanna Olk Tô sentindo falta de ler um "se cuida", "toma cuidado", "me avisa quando chegar", "acredita que eu já estou sentindo sua falta?". De saber que os dias livres são meus - e que não serei um encaixe na agenda em casos de desistências. 

Um capuccino, um café e dois chás gelados, por favor

Imagem
Hoje eu fui na cafeteria que serviu de cenário para o nosso primeiro encontro. Dividíamos a mesa de centro, enquanto nos posicionávamos nas enormes poltronas de couro marrom claro. Estavam distantes e, por isso, nos sentamos nas beiradas. Você e eu. Eu pedi chá de marcujá, camomila, hortelã e mel. Chapado, era o nome. Você foi de hibisco, maçã, cravo e canela. Chamego. Ficamos das 16h às 21h conversando sobre a vida. Nesse tempo, pedimos café, capuccino, ciabatta de abobrinha pra você e misto quente pra mim. Aliás, foi nesse dia que você descobriu que eu odeio abobrinha, lembra? Você me disse que um capuccino pequeno já era o suficiente para você se manter acordado. Eu disse que um espresso mal me fazia abrir os olhos. Sorrimos com a diferença de nossas tolerâncias à cafeína. Sorrimos com nossas bocas e com nossos olhos. Nos sorrimos.  Lembro da roupa que usávamos. Eu vestia uma blusa rosa com folhas de coqueiro e calça jeans surrada. "É só mais um primeiro

Andei me perguntando de você

Imagem
Eu me pergunto se me esquecer foi tão fácil como você fez parecer. Porque eu vou ter que te falar que, por aqui, não foi, não. Já tem mais de um ano, mas não consigo esquecer da primeira vez que nos olhamos e eu percebi que seu olho era mais azulado do que esverdeado. Eu sei que faz tempo, mas eu ainda lembro do seu sorriso na palma da minha mão, enquanto dividíamos o sofá e você me apresentava a série que, meses depois, se tornaria a minha favorita. Lembro do beijo gentil que você me deu no dedo indicador, que veio depois do carinho que fiz em seu rosto.  Aparentemente, me esquecer foi tão fácil quanto foi para eu me apaixonar por você. E, talvez por isso, ainda seja tão agridoce lembrar das coisas como me lembro. Oscar Freire de domingo é você, não tem jeito. Aquele café nunca mais teve a minha presença, da mesma forma que eu fujo daquela loja em que te ajudei a escolher um tênis. Não consegui experimentar o melhor bolo de chocolate do mundo e nem voltar àquele restauran

seis dicas aleatórias para começar a semana bem

Imagem
1. seja mais gentil com você mesma Eu já falei sobre isso aqui nesse post , mas acho importante reforçar. Seja legal com você, lembre-se de que é você quem deve ser sua prioridade e maior amor do mundo. Se você for legal com si mesma, todo o resto se ajeita.  2. dedique um tempo para self-care Seja uma máscara de café com óleo de coco ( vi nesse blog aqui e estou legitimamente apaixonada ), fazendo as unhas ou até mesmo marcando aquele médico que você estava adiando há milênios. Você vai me (e se) agradecer depois.  3. assista Atypical Comecei a assistir Atypical da forma mais despretensiosa possível, ou seja, sem expectativa e enquanto jantava. Quando dei por mim, estava apaixonada. É uma série levinha, com um enredo que nunca foi explorado antes e com um humor tão gostoso, tão gentil, que é impossível não associá-la a um abraço quentinho. Ela tem apenas 8 episódios de 30 minutos cada e é um amorzinho. De verdade. via GIPHY 4. ouça essa música Eu

#ficaadica: Fotor, o melhor editor online para fotografias

Imagem
E então, depois de anos e anos de luta e serviços prestados, o meu notebook pediu arrego. Jogou as coisas em mim e disse "olha, pra mim chega". Assim, 4 anos de relacionamento sério foram encerrados. Eu sei, eu sei, dizem que quando a gente termina um namoro não pode dizer "que não deu certo", mas o ressentimento não me deixa ser mais legal ao relembrar da relação que tive com o nada-pequeno Asus. Contrariada, levei para formatar e mesmo que ele tenha voltado novinho e cheio de fôlego, não conseguia achar ok o fato dele vir sem nenhum programinha. Eu, rata de Photoshop, gelei e quando estava prestes a fazer um textão choramingando, descobri o Fotor , que chegou para estabelecer a paz em casa e acabar com a minha birra do meu próprio computador.  Foto: Shutterstock O Fotor é um editor de imagens bem completinho, que oferece desde sets para você fazer colagens, álbuns e artezinhas para registrar momentos, até comandos básicos de edição , como recorte, ilu

Comendo enquanto assiste a seus filmes preferidos, quem nunca?

Imagem
É quase automático: assistir a filmes pede por algo gostoso pra comer – e não há quem resista. Eu duvido que algum de vocês consiga ir ao cinema sem comprar aquele combo gigante, pelo menos de vez em quando. Antigamente, algumas salas de cinema davam ao cliente um saquinho de pipoca junto com o ingresso, sabia? Resolvi fazer uma listinha das comidas preferidas pra degustar enquanto desmaia no sofá da sala, em frente ao home theater. Cada real gasto na assinatura da Netflix nunca valeu tanto a pena. Agora será que você prefere outras guloseimas? Confira a lista e deixe suas sugestões nos comentários. Pipoca A praticidade da redonda italiana – afinal é para ser apreciada sem garfos e facas – faz com que você não perca nenhum momento daquele filme tão esperado. Como existem inúmeras coberturas deliciosas no mercado, é possível comê-la sem repetir o sabor durante muito tempo! Em primeiríssimo lugar, só dá ela. Pipoca e cinema possuem uma

2017

Imagem
Pra mim, 2017 foi amor. E em suas mais diversas - e clichês - representações. Eu poderia falar só sobre os amores que apareceram em forma de amigos. Ou na minha família aumentando. Mas posso falar das paixões que me trouxeram frios na barriga que não eram sentidos há anos, das pequenas angústias que só um coração quebrado é capaz de promover e das lições aprendidas com todo esse ciclo. Teve tudo: do amor visualizado em pequenas coisas, ao que a gente constrói e reconstrói incontáveis vezes em um único ano. Por 2017, eu só quero agradecer. Por todas as lições, por todos os momentos de "eu não aguento mais" que me mostraram que aguento, sim. Pelas pessoas que entraram e saíram. Pelas que não saíram e voltaram. Pelos laços. Pelas pessoas. E, mais uma vez, pelo amor. Astrologicamente, dizem que 2018 será um ano para "colher o que plantamos" e, talvez por isso, eu tenha tanta certeza de que será incrível. Porque é aquele papo que eu não só sigo, como lev

Sobre se apaixonar

Imagem
eu amo o acelero que as novas paixões provocam no coração. mesmo que elas durem uma noite, e que terminem n'alvorada. acho que é combustível para o viver e, assim, sigo apaixonada. todos os dias. às vezes por uma pessoa diferente a cada semana; outras, pela mesma por mais de anos.  não tem tempo definido ou padrão. o negócio é que o coração nunca fica paradinho,  não. acho que sou agitada demais pra ter calmaria justamente no sentir.  (deve ser por causa do café)

#ficaadica: camisetas masculinas com pegada dark

Imagem
Fazia tempo que eu não aparecia com dica de roupinha, né? Conforme o blog foi ganhando essa pegada mais “diário pessoal”, mais afastada dos posts com dicas eu fui ficando, mas, como é um segmento que eu ainda adoro – e que faz tempo que eu não escrevo sobre. Há uns anos, eu fiz um guia de presente para Dia dos Namorados e, se você (assim como eu) comemora tanto o 14/02 quanto o 12/06, provavelmente já começou a pensar no que dar de presente para o mozi. Não namora? Calma! Tenho certeza que esse post também será útil caso você conheça uma galera aquariana e também esteja quebrando a cabeça para acertar no presente. De qualquer forma, esse post também será bastante útil pra você, pois: tem loja massa, masculina e com roupas tão incríveis que até você vai querer usar.   Eu conheci a Korsair recentemente e to apaixonada real/oficial. A Korsair é uma loja de camisetas masculinas estilosas que é ideal para você presentear seu amigo, seu namorado, seu pai (?) e até mesmo pa

sobre suas luzes

Imagem
Lembro perfeitamente de quando suas luzes invadiram meus olhos. Fortes e intensas, refletiram nas minhas retinas sem pedir nenhuma licença e todo aquele brilho fez com que eu precisasse apertar a visão para conseguir enxergar as coisas como realmente eram. Foi ali nosso primeiro contato.  E foi amor.  Ele aconteceu sob as luzes da Avenida Paulista e entre todas as coisas sentidas, não tenho dúvidas: foi amor. Foi amor quando senti vontade. Foi amor, mesmo com o deslumbre. Foi amor quando tive certeza e foi amor quando nem mesmo a dificuldade não me fez ter dúvidas. Há dois anos que sinto o mais sincero amor por você, por suas luzes e por sua intensidade.  Há dois anos que mesclo saudade ao pertencimento. Há dois anos que somos nós. Você, eu e o mundo todo em uma rua só. (sobre São Paulo)

Que saudade

Imagem
Me deu saudade de mandar mensagem sem pensar muito sobre ela. De abrir o aplicativo, digitar exatamente o que estou sentindo e apertar o enviar. Sem frio na barriga e sem contar os pontos finais após a palavra saudade.  Tô com saudade de falar "eu te amo".  Faz tanto tempo que nem sei mais como essas palavras soam pela minha boca.  Me deu saudade de fazer um comentário engraçadinho e receber um beijo desajeitado em seguida. Ou de fazer uma piada ruim e receber um empurrão no sofá como resposta. De contar sobre o meu dia sem sentir que estou incomodando. De me sentir ouvida e de saber que alguém se interessa pelo meu almoço horrível, mas que valeu pela sobremesa. Ilustração / Johanna Olk Tô sentindo falta de ler um "se cuida", "toma cuidado", "me avisa quando chegar", "acredita que eu já estou sentindo sua falta?". De saber que os dias livres são meus - e que não serei um encaixe na agenda em casos de desistências. 

Um capuccino, um café e dois chás gelados, por favor

Imagem
Hoje eu fui na cafeteria que serviu de cenário para o nosso primeiro encontro. Dividíamos a mesa de centro, enquanto nos posicionávamos nas enormes poltronas de couro marrom claro. Estavam distantes e, por isso, nos sentamos nas beiradas. Você e eu. Eu pedi chá de marcujá, camomila, hortelã e mel. Chapado, era o nome. Você foi de hibisco, maçã, cravo e canela. Chamego. Ficamos das 16h às 21h conversando sobre a vida. Nesse tempo, pedimos café, capuccino, ciabatta de abobrinha pra você e misto quente pra mim. Aliás, foi nesse dia que você descobriu que eu odeio abobrinha, lembra? Você me disse que um capuccino pequeno já era o suficiente para você se manter acordado. Eu disse que um espresso mal me fazia abrir os olhos. Sorrimos com a diferença de nossas tolerâncias à cafeína. Sorrimos com nossas bocas e com nossos olhos. Nos sorrimos.  Lembro da roupa que usávamos. Eu vestia uma blusa rosa com folhas de coqueiro e calça jeans surrada. "É só mais um primeiro

Andei me perguntando de você

Imagem
Eu me pergunto se me esquecer foi tão fácil como você fez parecer. Porque eu vou ter que te falar que, por aqui, não foi, não. Já tem mais de um ano, mas não consigo esquecer da primeira vez que nos olhamos e eu percebi que seu olho era mais azulado do que esverdeado. Eu sei que faz tempo, mas eu ainda lembro do seu sorriso na palma da minha mão, enquanto dividíamos o sofá e você me apresentava a série que, meses depois, se tornaria a minha favorita. Lembro do beijo gentil que você me deu no dedo indicador, que veio depois do carinho que fiz em seu rosto.  Aparentemente, me esquecer foi tão fácil quanto foi para eu me apaixonar por você. E, talvez por isso, ainda seja tão agridoce lembrar das coisas como me lembro. Oscar Freire de domingo é você, não tem jeito. Aquele café nunca mais teve a minha presença, da mesma forma que eu fujo daquela loja em que te ajudei a escolher um tênis. Não consegui experimentar o melhor bolo de chocolate do mundo e nem voltar àquele restauran

seis dicas aleatórias para começar a semana bem

Imagem
1. seja mais gentil com você mesma Eu já falei sobre isso aqui nesse post , mas acho importante reforçar. Seja legal com você, lembre-se de que é você quem deve ser sua prioridade e maior amor do mundo. Se você for legal com si mesma, todo o resto se ajeita.  2. dedique um tempo para self-care Seja uma máscara de café com óleo de coco ( vi nesse blog aqui e estou legitimamente apaixonada ), fazendo as unhas ou até mesmo marcando aquele médico que você estava adiando há milênios. Você vai me (e se) agradecer depois.  3. assista Atypical Comecei a assistir Atypical da forma mais despretensiosa possível, ou seja, sem expectativa e enquanto jantava. Quando dei por mim, estava apaixonada. É uma série levinha, com um enredo que nunca foi explorado antes e com um humor tão gostoso, tão gentil, que é impossível não associá-la a um abraço quentinho. Ela tem apenas 8 episódios de 30 minutos cada e é um amorzinho. De verdade. via GIPHY 4. ouça essa música Eu

#ficaadica: Fotor, o melhor editor online para fotografias

Imagem
E então, depois de anos e anos de luta e serviços prestados, o meu notebook pediu arrego. Jogou as coisas em mim e disse "olha, pra mim chega". Assim, 4 anos de relacionamento sério foram encerrados. Eu sei, eu sei, dizem que quando a gente termina um namoro não pode dizer "que não deu certo", mas o ressentimento não me deixa ser mais legal ao relembrar da relação que tive com o nada-pequeno Asus. Contrariada, levei para formatar e mesmo que ele tenha voltado novinho e cheio de fôlego, não conseguia achar ok o fato dele vir sem nenhum programinha. Eu, rata de Photoshop, gelei e quando estava prestes a fazer um textão choramingando, descobri o Fotor , que chegou para estabelecer a paz em casa e acabar com a minha birra do meu próprio computador.  Foto: Shutterstock O Fotor é um editor de imagens bem completinho, que oferece desde sets para você fazer colagens, álbuns e artezinhas para registrar momentos, até comandos básicos de edição , como recorte, ilu

Comendo enquanto assiste a seus filmes preferidos, quem nunca?

Imagem
É quase automático: assistir a filmes pede por algo gostoso pra comer – e não há quem resista. Eu duvido que algum de vocês consiga ir ao cinema sem comprar aquele combo gigante, pelo menos de vez em quando. Antigamente, algumas salas de cinema davam ao cliente um saquinho de pipoca junto com o ingresso, sabia? Resolvi fazer uma listinha das comidas preferidas pra degustar enquanto desmaia no sofá da sala, em frente ao home theater. Cada real gasto na assinatura da Netflix nunca valeu tanto a pena. Agora será que você prefere outras guloseimas? Confira a lista e deixe suas sugestões nos comentários. Pipoca A praticidade da redonda italiana – afinal é para ser apreciada sem garfos e facas – faz com que você não perca nenhum momento daquele filme tão esperado. Como existem inúmeras coberturas deliciosas no mercado, é possível comê-la sem repetir o sabor durante muito tempo! Em primeiríssimo lugar, só dá ela. Pipoca e cinema possuem uma