michele contel

sobre dores e amores desde 2010

oi, eu sou a michele

tenho 28 anos e registro aqui todos os meus devaneios desde 2010.

atualmente, tenho dois livros publicados - e você pode ler um pouquinho sobre eles em alguns dos posts ou clicando diretamente na capinha deles, logo abaixo :)
hello :)

LEIA TAMBÉM

Você sumiu

"Você sumiu"

Às vezes a gente some, mesmo. Fica um pouquinho dentro do casulo para recuperar as energias. Se esconde no canto do quarto pra poder chorar baixinho e aumenta o volume do som pra ninguém escutar alguns soluços.

A gente some porque não quer preocupar, não quer explicar, não qu…

Aziz Ansari, Cat Person e dates ruins

Por que aceitamos encontros horríveis e não vamos embora?

Há algumas semanas, um conto publicado na New Yorker viralizou. “Cat Person” conta a história de Margot, uma garota de 20 e poucos anos que trabalha em um cinema cult, flerta com um cara que estava comprando um ingresso e ficam trocando mens…

Calmaria

No sentir, sempre fui tormenta. 
Sempre estive apaixonada e sempre foi de forma intensa.  Meu coração nunca ficava vazio e minhas expectativas não me deixavam em paz.
Eram como relâmpagos em noites escuras. Iluminavam, mas davam medo, também. 
Acreditava apenas no amor vermelho, vivo e que fosse f…

Balanço

A primeira coisa que postei no Facebook, em 2017, foi uma frase do Neil Gaiman, em que ele diz: 
"Hug too much. Smile too much.
And, when you can, love". E, como eu disse nesse texto aqui, foi exatamente o que eu fiz. Em 2017, eu amei em toda oportunidade que tive.
-
Janeiro começou em c…

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *