Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2018

Com vocês, Amores eternos de um dia

Imagem
Eu não me lembro qual foi a primeira vez que alguém comentou aqui no blog que eu deveria escrever um livro , mas me lembro perfeitamente do quanto eu fiquei lisonjeada com a frase. Escrever um livro sempre foi um sonho, mas que parecia distante demais da realidade para ser uma ambição. Eu, que aos 15 anos escrevia fanfics sobre integrantes de bandas adolescentes que se apaixonavam por estudantes desajustadas do Ensino Médio, jamais imaginaria que, aos 26, estaria lançando um livro (de verdade) sobre minhas impressões e experiências de e sobre amor. Quem diria que os amores eternos de um dia, que eu vivenciei ao longo desses três anos, me serviriam de material para escrever um livro.  Meu livro.  Que já tem título, subtítulo, capa, ilustração e data de lançamento.  É com muito, muito, mas muito amor mesmo, que eu venho, oficialmente, apresentar a capa do meu livro, que eu já compartilhei no Instagram, Twitter e Facebook. ♥  Eu estou MUITO APAIXONADA AAAAAAAAAA Ele

5- Buenos Aires, o Tinder, o menu celíaco e o planetário

Imagem
Fernanda decidiu passar o carnaval longe do glitter e das serpentinas. Convidou sua melhor amiga para viajar até Buenos Aires, onde poderiam curtir a calmaria da capital argentina com muito vinho, alfajor e tango. Com Paloma, aproveitou a viagem melhor do que teria feito com seu ex-namorado, um dos motivos que a fez preferir ficar longe da bagunça do carnaval de rua paulistano. Não queria ter que lidar com o término e muito menos com a possibilidade de encontrá-lo por acaso em algum bloquinho do centro da cidade. Depois de passar alguns dias conhecendo pontos turísticos e bons restaurantes, Fernanda e Paloma concordaram que a viagem poderia ficar ainda mais interessante se pudessem conhecer outros lugares acompanhadas de nativos bonitinhos. Decidiram, então, instalar o Tinder. “Nossa, esse aqui parece o Messi!”, brincou Paloma, enquanto deslizava seus possíveis-futuros-dates para direita. “Não estou achando ninguém interessante...”, confessou Fernanda já um tanto desanimada, enqu

4 - Raio, Estrela e Luar

Imagem
Tudo tinha dado errado. O que era pra ter sido uma viagem a dois, virou uma expedição solitária em uma cidade sem atrações turísticas e repleta de desconhecidos. O que era pra ser diversão, virou uma tentativa desenfreada de fugir dos problemas e de forçar a superação de um término mal resolvido. Mariana fez check-in no hostel de paredes azuis, jogou a enorme mochila na beliche e deitou, não acreditando que tudo aquilo estava acontecendo: a viagem sem programação, o término recente e a falta de perspectiva de que algo fosse acontecer. Fitando o teto, começou a se perguntar porquê tinha insistido em uma viagem que não seria, nem de longe, como a planejada e porque não tentou lidar com um rompimento como sempre viu em suas comédias românticas favoritas. Por não conhecer ninguém na cidade, até tinha avisado um conhecido da internet de que estaria lá, mas como eles nunca tinham se visto, dificilmente ele seria o responsável por mudar o humor - e as expectativas - de Mariana. Por sorte,

Com vocês, Amores eternos de um dia

Imagem
Eu não me lembro qual foi a primeira vez que alguém comentou aqui no blog que eu deveria escrever um livro , mas me lembro perfeitamente do quanto eu fiquei lisonjeada com a frase. Escrever um livro sempre foi um sonho, mas que parecia distante demais da realidade para ser uma ambição. Eu, que aos 15 anos escrevia fanfics sobre integrantes de bandas adolescentes que se apaixonavam por estudantes desajustadas do Ensino Médio, jamais imaginaria que, aos 26, estaria lançando um livro (de verdade) sobre minhas impressões e experiências de e sobre amor. Quem diria que os amores eternos de um dia, que eu vivenciei ao longo desses três anos, me serviriam de material para escrever um livro.  Meu livro.  Que já tem título, subtítulo, capa, ilustração e data de lançamento.  É com muito, muito, mas muito amor mesmo, que eu venho, oficialmente, apresentar a capa do meu livro, que eu já compartilhei no Instagram, Twitter e Facebook. ♥  Eu estou MUITO APAIXONADA AAAAAAAAAA Ele

5- Buenos Aires, o Tinder, o menu celíaco e o planetário

Imagem
Fernanda decidiu passar o carnaval longe do glitter e das serpentinas. Convidou sua melhor amiga para viajar até Buenos Aires, onde poderiam curtir a calmaria da capital argentina com muito vinho, alfajor e tango. Com Paloma, aproveitou a viagem melhor do que teria feito com seu ex-namorado, um dos motivos que a fez preferir ficar longe da bagunça do carnaval de rua paulistano. Não queria ter que lidar com o término e muito menos com a possibilidade de encontrá-lo por acaso em algum bloquinho do centro da cidade. Depois de passar alguns dias conhecendo pontos turísticos e bons restaurantes, Fernanda e Paloma concordaram que a viagem poderia ficar ainda mais interessante se pudessem conhecer outros lugares acompanhadas de nativos bonitinhos. Decidiram, então, instalar o Tinder. “Nossa, esse aqui parece o Messi!”, brincou Paloma, enquanto deslizava seus possíveis-futuros-dates para direita. “Não estou achando ninguém interessante...”, confessou Fernanda já um tanto desanimada, enqu

4 - Raio, Estrela e Luar

Imagem
Tudo tinha dado errado. O que era pra ter sido uma viagem a dois, virou uma expedição solitária em uma cidade sem atrações turísticas e repleta de desconhecidos. O que era pra ser diversão, virou uma tentativa desenfreada de fugir dos problemas e de forçar a superação de um término mal resolvido. Mariana fez check-in no hostel de paredes azuis, jogou a enorme mochila na beliche e deitou, não acreditando que tudo aquilo estava acontecendo: a viagem sem programação, o término recente e a falta de perspectiva de que algo fosse acontecer. Fitando o teto, começou a se perguntar porquê tinha insistido em uma viagem que não seria, nem de longe, como a planejada e porque não tentou lidar com um rompimento como sempre viu em suas comédias românticas favoritas. Por não conhecer ninguém na cidade, até tinha avisado um conhecido da internet de que estaria lá, mas como eles nunca tinham se visto, dificilmente ele seria o responsável por mudar o humor - e as expectativas - de Mariana. Por sorte,