Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2018

Sobre a romantização do sofrimento como inspiração e sobre minha leveza

Imagem
O ano era 2015. Ou 2016. Talvez 2017? Mas, em um desses três anos, já vivendo em São Paulo e vivendo o que seria o meu maior período de paixões rápidas e irrelevantes, conheci uma pessoa que se tornou um dos meus mais especiais amigos. Tenho facilidade em atrair gente talentosa para perto de mim e ele, que também escrevia, um dia resolveu me contar a leitura que ele tinha feito sobre minha pessoa, de uma forma bonita e poética. Só que, aqui entre nós, eu não tinha gostado muito da versão dele. Para ele, a Michele era atraída pelo drama . Me senti ultrajada, afinal, ninguém gosta do sofrimento; ninguém gosta de sentir a garganta fechar por causa de alguma incerteza ou da falta de apetite que algumas situações amargas nos causam. Não, jamais. Impossível. Ahn ahn! Ele riu diante das minhas negações incisivas e repetiu: " você gosta do drama e você precisa dele para criar" . Em 2015, ou 2016, talvez em 2017, Felipe me traduzia antes mesmo da Taylor Swift escrever que jurava que

Sobre a romantização do sofrimento como inspiração e sobre minha leveza

Imagem
O ano era 2015. Ou 2016. Talvez 2017? Mas, em um desses três anos, já vivendo em São Paulo e vivendo o que seria o meu maior período de paixões rápidas e irrelevantes, conheci uma pessoa que se tornou um dos meus mais especiais amigos. Tenho facilidade em atrair gente talentosa para perto de mim e ele, que também escrevia, um dia resolveu me contar a leitura que ele tinha feito sobre minha pessoa, de uma forma bonita e poética. Só que, aqui entre nós, eu não tinha gostado muito da versão dele. Para ele, a Michele era atraída pelo drama . Me senti ultrajada, afinal, ninguém gosta do sofrimento; ninguém gosta de sentir a garganta fechar por causa de alguma incerteza ou da falta de apetite que algumas situações amargas nos causam. Não, jamais. Impossível. Ahn ahn! Ele riu diante das minhas negações incisivas e repetiu: " você gosta do drama e você precisa dele para criar" . Em 2015, ou 2016, talvez em 2017, Felipe me traduzia antes mesmo da Taylor Swift escrever que jurava que