navegar pelo menu
05/10/2020

As últimas 5 séries maravilhosas que assisti


I May Destroy You (finalizada - 1 temporada - HBO)

Eu já indiquei ela aqui, mas vale falar de novo. Michaela Coel escreve, produz e dirige uma série que fala sobre consentimento de diferentes formas, da mais pesada e explícita até a mais sutil e não tão facilmente compreendida. Os diálogos são rápidos e afiados, a produção é maravilhosa e a série, a grosso modo, é sensacional. 

The Great (finalizada - 1 temporada - Hulu) 

Mais uma com diálogos afiados e que conversam muito com questões que vivemos atualmente - mesmo que a série se passe no século 18. Se Catarina era à frente do seu tempo, a atualidade foi retratada na série que tem Elle Fanning brilhando como uma protagonista de personalidade forte. 

Lovecraft Country (andamento - HBO) 

Não sou a maior fã de produções de "terror" ou coisas do tipo, então, no primeiro episódio não me senti muito empolgada com a série que, hoje, me faz esperar ansiosamente pelo domingo só para poder assistir ao novo episódio. Ela, que se passa na década de 50 e que fala sobre racismo tanto de uma forma lúdica quanto de um jeito explícito, emociona, encanta e entrega um roteiro necessário e uma trilha sonora incrível. 

The Handmaid's Tale (andamento - Hulu)

Sempre passei longe porque tinha medo de me deparar com algo que pode facilmente ser vivido. Não estava totalmente errada. A distopia que se passa em uma sociedade fundamentalista religiosa e com um quê de socialista (pois é) assusta mais do que qualquer criatura de Lovecraft Country. Porém, é a resistência e a união entre mulheres que te faz querer assistir aos próximos episódios e esperar que os Comandantes e suas Esposas tenham um final extremamente doloroso. 

Emily In Paris (andamento? - Netflix) 

Depois de ficar tensa vendo The Handmaid's Tale, eu precisava assistir algo levinho e que me deixasse apenas alienada. Então, veio Emily In Paris. Uma série bobinha, clichê e sem nenhum drama, te mostra uma Paris incrível, com homens maravilhosos, clientes que aprovam campanhas de primeira (KKKKKKKK) e looks simplesmente fantásticos. A produção é do Darren Star (de Sex And The City) e a protagonista é a musa Lily Collins. Vale ver pra se desligar do mundo e ir sorrir em Paris. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial